Até onde podemos ir nas Redes Sociais sem fazer pegar mal?

Podemos escrever algo sem fonte? Podemos apagar algum post que foi pelo canal errado?

A ética é um conjunto de códigos de conduta que foi sendo cunhado ao longo da história da sociologia da humanidade. Nasceu lá na Grécia antiga, com aqueles livros de epopéias, e serviram de referência para toda literatura e teorias que foram criadas e cunhadas sobre ética.

No universo 2.0, que é movimentado pelos agentes sociais, essa ética também flutua nessa atmosfera. Mas de uma forma diferente.

Nas redes sociais a proliferação das notícias, causos, fofocas e gafes é ainda maior. E, ainda, há a amplificação do efeito “sandálias da humildade”. Ou seja, se você erra no twitter, facebook, ou algo do gênero, e tenta apagar e consertar isso sem assumir, alguém vai olhar pra isso em algum momento e crucificar você pelo erro.

Creio que os profissionais da área de Relações Públicas estão enfrentando um novo cenário e uma nova maneira de gerenciamento de crise pessoal.

Enfim, como estamos ainda engatinhando nessas plataformas e universos 2.0, minha intenção com esse post é levantar uma discussão saudável sobre o assunto e levantar referências teóricas que são escassas nessa categoria.

Sobre o assunto:

http://ronntorossian.com/category/pr-20

Ronn Torossian é fundador-presidente e CEO da 5W PR, agência de Relações Públicas nova iorquina.

Sabedoria Popular: “As coisas tomam a dimensão que você dá pra elas.” (via @ricardo_rabello)

Abraço

@jleandroxavier